Mutação do coronavírus foi encontrada em 42% dos contágios de Manaus, diz pesquisadora

A nova variante do coronavírus foi detectada em quase metade dos novos contágios em Manaus, revelou a pesquisadora Ester Sabino

Funcionários transportam cilindros ao lado de câmara frigorífica de corpos - Foto: Bruno Kelly/Amazônia Real

Jornal GGN – A nova variante do coronavírus foi detectada em quase metade dos novos contágios em Manaus, revelou a pesquisadora Ester Sabino, nesta sexta (22).

A equipe liderada pela imunologista coletou os dados de testes de Covid-19 em Manaus, indicando que 42% das novas infecções confirmaram a nova variante, que traz mutações similares à do Reino Unido e África do Sul.

“Essa frequência saiu em nossos dados de dezembro, a gente está terminando janeiro ainda, mas está aumentando”, disse a pesquisadora no fporum Virological.org, com os dados preliminares do estudo.

Segundo ela, é provável que a nova variante brasileira seja mais transmissível do que a cepa do vírus atual. “Tudo indica que é a forma que está evoluindo em Manaus”, afirmou.

Com informações da Reuters.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome